quinta-feira, 28 de novembro de 2013

Poesia de Frente e Verso/ Para o arrebol da Aurora ( Mote)

Alusão ao lançamento do livro
Frente e Verso
Mélchior Sezefredo Machado &
 José Neder Nicolau Mussi
Bar Retalhos - Freguesia da rua da Aurora
Recife, tarde de novembro 23- 2013 
Ano do Senhor..

Mote: Poesia de Frente e Verso
            Para o arrebol da Aurora  
(Otacilio Pires)

Amigos de um espaço virtual
Reconhecem por sentimento
Aí quando chega o momento
Do calor do abraço presencial
E em um egrégio especial
Retalhos costurados na hora
Poesias que na tarde vigora
O Rio em amor é imerso
Poesia de Frente e Verso
Para o Arrebol da Aurora.
...Otacilio Pires.

 Em Pernambuco é normal...
A poesia é alimento,
É o prato do sentimento
Na mesa do carnaval,
Reúne o sol e o lual.
Um chega, outro vai-se embora...
Enquanto um sorri, outro chora.
No fundo, um só universo:
Poesia de Frente e Verso
Para o arrebol da Aurora.
...daVi gaLon

Espaço destes tão líricos,
De poesias quão maviosas,
Em tardes maravilhosas,
Mister é estarmos etílicos
Volta aos tempos míticos.
Como retalhos vistos outrora...
Pra você que chegou agora,
Não pense que só converso!
Poesia de Frente e Verso
Para o arrebol da Aurora.
...Otacilio Pires
.
Do Sanatório-Geral,
Fui lá pra ver o Sarmento...
E até pensei num momento,
Que vê-lo fosse normal,
Mas ele que é o tal
Menino da noite afora,
Só foi quando eu fui-me embora,
Pois hoje eu sou o inverso:
Poesia de Frente e Verso
Para o arrebol da Aurora.
...daVi gaLon

No coração da cidade
Lá na beira do rio
os poetas se encontraram
P alegrar nossa tarde
Cantando loas em trio
Aos poetas eu peço
Que me atendam agora
Recitem O Avesso e o Verso
Recitem tbm FRENTE E VERSO
Para o arrebol da Aurora.
...Mima Barkokébas Barreto

Apenas valendo Abraços,
E tantos carinhos gerais,
Ficou no ar algo mais:
Amigos com tantos laços.
Ao Vate Góes, abro espaços,
Pros raicaos feitos na hora,
Saem do forno sem demora.
E ao poeta Mel , eu confesso:
Faz Poesia de Frente e Verso
Para o arrebol da Aurora.
....Otacilio Pires.

O melhor daquele dia
Foi encontrar os amigos,
Como se fossem antigos
Parceiros da boemia,
Bebendo pura poesia
Coa velha sede de outrora,
Jogando conversa fora
Em prosa, verso e reverso:
Poesia de Frente e Verso
Para o arrebol da Aurora.
...daVi gaLon

Grandes amigos que o tempo
Se dispõe a preservar
Com versos no improvisar
Sem choro, dor ou lamento
Mas com um grande sentimento
O que vou dizer agora
Jamais daqui vou mimbora
Estou na rima submerso
Poesia Frente e Verso
Para o arrebol da Aurora.
...Natan da PB

E digo mais Otacílio.
Você com sua maestria
Tamanha sabedoria
Com alegria e brilho
Faz do verso o próprio filho
Rima o rio a rua a hora
Rima a fé Nossa Senhora
Rima o céu e o universo
Poesia Frente e Verso
Para o arrebol da Aurora
...Natan da PB


(Charada!)

Estamos em pleno Bar
E bem doutos do espaço
Ao Castro, vai meu abraço,
Do navio, borboletas ao luar...
Se entendes meu falar,
Mel, que tu fales agora!
Vais tirando noves fora,
Poema questou imerso
Poesia de Frente e Verso
Pro arrebol d´Aurora
...Otacilio Pires.


Da Paraíba tenho saudades
De Recife levo lembranças.
Programo minhas andanças,
A Lins e a outras cidades.
Espero passar lindas tardes
Como passei esta agora
Em rimas não faço hora
Escrevo e não converso
Poesia de Frente e Verso
Pro arrebol da Aurora
...Otacilio Pires.

(Respondendo a Charada!)

E no bar em que estamos,
Somos sim, somos escravos
Da poesia! Somos bravos
Navegantes que cantamos
Novos versos que criamos
E outros versos de outrora...
Bom poema não descora,
Tem valor incontroverso:
Poesia de Frente e verso
Para o arrebol da Aurora.
daVi gaLon

(Mais uma charada!)

Eu, não sendo uma sombra
Nem vindo de trágicas eras
Somos tais quais estas feras
Anjos quão escárnio assombra
O cigarro, ao fumá-lo, lombra
Vícios de um mundo doutrora
Estampas qu`em mim não vigora
Anjos augusto em reverso
Poesia Frente e Verso
Para o arrebol da Aurora.
...Otacilio Pires.


(Resposta Para Natanael)

Que amigos se reconhecem,
Eu nem preciso falar...
Basta um olhar no olhar
Que logo se transparecem,
Como se ali estivessem ,
Vestígios vindos de outrora....
Porque nunca vai-se embora
O que em nós fica imerso:
Poesia de Frente e Verso
Para o arrebol da Aurora!
daVi gaLon


Do Capibaribe, ao fundo,
Nas noites cheias de orvalhos,
A vida vai no " Retalhos"
Brindar as odes do mundo...
Os cantos dos quais me inundo
E tudo que, enfim, aflora
De mim, quando a alma chora
Sentindo algum adverso:
Poesia de Frente e Verso
Para o arrebol da Aurora!
...daVi gaLon


Louvemos o Capibaribe
Que de tantas poesias respira
Aqui, o poeta se inspira
Acolá, sua poesia se exibe
Assim a tristeza se inibe
E a alegria então, aflora
Na beleza  que se explora
O hino; último regresso
Poesia de Frente e Verso
Pro arrebol da Aurora.
...Otacilio Pires.


Recife belo e de tantas pontes
Das ruas, vielas e tantos atalhos
Aurora  poética do bar retalhos,
És nascente e fiel às suas fontes.
 Guararapes e seus belos montes
E os mangues que d´lá a vida aflora
Dos Engenhos de cana d´outrora
Ao cais, mascate ambula ingresso.
E toda Poesia de Frente e Verso,
Faz sentir o arrebol da Aurora.
...Otacilio Pires.

4 comentários:

  1. Gente que que ISSO??? Maravilha! Duas 'Casacas-de-couro'!!!
    E eu estava lá, vi e vivi tudo istooooooooo! Feliz!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Amiga Marize, sua amizade nos inspira!

      Excluir
  2. QUE PRIVILÉGIO PARTILHAR POESIA COM TANTA GENTE BOA!
    VOCÊS SÃO "FERAS"!
    EU TAMBÉM VÍ TUDO ISSO DE PERTO! MARAVILHA!

    ResponderExcluir
  3. Que maravilha! estava navegando e deparei-me com Pérolas da melhor qualidade.

    ResponderExcluir